ANO VIII
   Feira de Santana, Bahia - domingo, 2 de outubro de 2022
   
Pesquisar por Palavra
 
 
de
a
Secretarias
 
Gabinete do Prefeito
 
PGM - Procuradoria Geral
 
SEGOV - Governo
 
SEADM - Administração
 
SEFAZ - Fazenda
 
SEPLAN - Planejamento
 
SECOM - Comunicação
 
SEDESO - Desenvolvimento Social
 
SEDUC - Educação
 
SMS - Saúde
 
SECEL - Cultura, Esporte e Lazer
 
SEMMAM - Meio Ambiente
 
SEHAB - Habitação
 
SETTDEC - Desenvolvimento Econômico
 
SEDUR - Desenvolvimento Urbano
 
SEAGRI - Agricultura
 
SEPREV - Prevenção a Violência
 
SESP - Serviços Públicos
 
SEGC - Gestão e Convênios
 
SMTT - Transporte e Trânsito
 
SOMA - Manutenção
 
SMT - Superintendência de Trânsito
 
ARFES - Agência Reguladora
 
CGM - Controladoria Geral
 
PROCON - Superintendência do Consumidor
 
IPFS - Instituto de Previdência
 
FHFS - Fundação Hospitalar
 
FUNTITEC - Fundação de Tecnologia
 

    Ano VIII - Edição Nº 2116
Data: 08/06/2022
VETO Nº 006, DE 07 DE JUNHO DE 2022.
Órgão: Gabinete do Prefeito
Ementa: VETAR INTEGRALMENTE o Projeto de Lei nº 171/2021, de autoria dos Edis Ivamberg dos Santos Lima, Jhonatas Lima Monteiro e Pedro Cícero Marcenio Silva, que “Dispõe sobre a aplicação dos recursos recebidos do Governo Federal a título de precatórios do FUNDEF, no Município de Feira de Santana, e dá outras providências”, por afrontar completamente o Acórdão nº 1824/2017, do Tribunal de Contas da UNIÃO, Processo nº TC 005.506/2017-4, que possui competência para fiscalizar a aplicação desses recursos complementares e desvincula os precatórios para professores; e também por ignorar a decisão da Suprema Corte (STF), que julgou Constitucional o referido Acórdão do TCU, em VOTO do Ministro Alexandre de Morais, em 11.03.2022, caracterizando, portanto, medida INCONSTITUCIONAL a vinculação dos precatórios do FUNDEF para professores.
 
  • 1